"Vou de táxi" em Lisboa

28 de outubro de 2011
Andar de táxi em Lisboa é sempre uma aventura que pode reservar boas surpresas.
Um aspecto muito positivo é o custo. Realmente os táxis são muito baratos, quando comparados aos preços de outros países europeus e, também, do Brasil (ou sou só eu que acho o preço do táxi brasileiro um absurdo?)!

O mau humor dos taxistas portugueses é fato conhecido e já rendeu boas histórias entre os viajantes. Não é raro você fazer uma pergunta e não receber a resposta, ou andar quilômetros com o volume do rádio ao máximo, só porque o motorista não quis ouvir a voz do passageiro. Distâncias rodadas sem necessidade, irritação por ter que ajudar a retirar as bagagens do porta-malas, são alguns exemplos que vivenciamos quando estivemos em Lisboa.

Mas, sempre há flores entre os espinhos e tivemos a sorte de conhecer um taxista muito legal e atencioso, o Seu Aníbal.

Havíamos ido até Lisboa para receber minha sogra que foi nos visitar. Queríamos conhecer Sintra. A ideia era pegar um ônibus e ir até lá para passar o dia. Eis que, em frente ao hotel, nos deparamos com seu Aníbal, que nos fez a seguinte proposta: Poderíamos contratá-lo das 9h da manhã até às 17h para um tour, de Sintra a Cascais, com direito a paradinha para o almoço. Tudo isso contratado por cem euros. Então, pensamos: 100 euros / 3 pessoas = 33,33333... é um bom valor para investir quando se está cansado, caminhando muito (e economizando) há dias e dormindo mal a dias também. Topamos a proposta e lá fomos nós.

A grande surpresa foi a simpatia do Seu Aníbal e seu incrível conhecimento sobre a história de Portugal. Não é todo dia que você encontra um taxista formado em turismo e altamente preparado conduzir e informar seus passageiros. Aprendemos sobre quem foi Marques do Pombal e sobre a história da abolição em Portugal. Ao chegar no Palácio Queluz (reduto da família real), descemos para fotografar. Foi interessante ouvir o lado 'português' sobre os Bragança e, sobretudo, sobre os 'causos' de D. Maria.

Saindo de lá, nos dirigimos a Sintra. Lá pudemos descer para conhecer o Palácio Nacional de Sintra e caminhar pelas ruazinhas. Depois fomos até o Palácio dos Mouros e até o Parque da Pena, onde subimos ao Palácio e lá ficamos por mais de uma hora (sim, o Seu Aníbal espera, está incluído no preço!).
De lá, seguimos para Cascais, por um trajeto muito bonito, em meio às plantações de cortiça, seguindo para o ponto mais ocidental da Europa, o Cabo da Roca. Após um pit-stop no restaurante O Faroleiro, seguimos para Cascais, um lugar super charmoso que deixa a impressão de que o tempo passa em outra frequência. De Cascais seguimos para Estoril, para uma breve volta ao redor do cassino. O  caminho de retorno à Lisboa foi através do litoral, passando pela Torre de Belém e pelo Monumento dos Descobrimentos.

O tour de táxi terminou com o pôr-do-sol no Miradouro da Graça (pra mim o lugar mais legal de Lisboa). Ao nos despedirmos do seu Aníbal, perguntei se podia divulgar o seu serviço no meu blog. A resposta foi um "Evidente! Eis o meu cartão!".

Então, galera, espero que, ao visitarem Lisboa, tenham a mesma boa sorte que tivemos, de encontrar um taxista legal, culto e educado!  E para quem quiser garantir um ótimo passeio, eis a dica: Chame o Seu Aníbal!

Aníbal Rodrigues de Almeida
Táxi 35 - 69 - LV
Mobile (Celular): 96 649 2717
Telefone fixo residencial: (após 21h): 214956651 




Cabo da Roca "O lugar onde a terra acaba e o mar começa" (Camões)

Sobremesa com ovos e sorvete de limão - O Faroleiro

Rochedos de Cascais

Pescadores em Cascais

Sintra

Palácio da Pena

Onde se Hospedar em Portugal: Porto e Lisboa

24 de outubro de 2011
Portugal é um país conhecido pela qualidade dos seus hotéis (e pela sua boa relação custo-benefício). Pelo preço que você paga por um hotel mais ou menos na Itália ou na Suíça, você paga por um ótimo hotel em Portugal (via de regra, claro!).

Então aqui vão duas boas dicas de hospedagem, com ótima localização, uma em Porto e outra em Lisboa.



A dica é o Residencial Pão de Açúcar (Rua do Almada, nº 262).
Super bem localizado, no centro da cidade, junto à Avenida dos Aliados. Dali é possível se deslocar (a pé) aos principais pontos turísticos (como a Torre dos Clérigos, o Centro Histórico e a Ribeira). O café da manhã é bom (não excelente). Os quartos são amplos e confortáveis. Quando fizemos a reserva, solicitamos um quarto duplo silencioso (já que faziam três noites que dormíamos com tampões nos ouvidos). Ao chegar na recepção, fomos encaminhados a uma suíte-família gigante, pois era o quarto mais silencioso que estava disponível naquele momento. Detalhe: pagamos pela suíte o preço do quarto duplo. Ponto para o hotel que primou por atender ao pedido do cliente.



Seguindo o critério custo x benefício x localização, a dica é o Hotel Mundial (Praça Martim Moniz, nº 2, Baixa). Hotel quatro estrelas, super confortável e com um café da manhã ótimo!!! Sua localização é excelente: há poucos minutos da Praça do Rossio, da Praça da Figueira, do Elevador de Santa Justa, da Praça do Comércio, do Bairro Chiado (onde está o bar "A Brasileira" e a famosa estátua de Fernando Pessoa) e próximo ao Castelo São Jorge. Em frente ao hotel pega-se o Bonde nº 28 (que percorre a parte antiga da cidade).



E você, já ficou ou já ouviu falar destes hotéis? Alguma outra dica de hospedagem para compartilhar? Deixe seu comentário aqui.

Onde Comer: João Pessoa

15 de outubro de 2011
Quando você lembra de João Pessoa, na Paraíba, o que vem na sua cabeça? Praias, Coqueiros, Feirinha de Tambaú, Ponta dos Seixas, Picãozinho, Praia do Jacaré, Centro Histórico... e comida da boa!
Já falei sobre a culinária paraibana aqui no blog e volto a trazer este tema, agora com nome e endereço certo. Falo do Mangai, restaurante de comida típica nordestina, localizado na capital paraibana.
Para mim, os pontos fortes do restaurante são os deliciosos pratos à base de carne de sol e os variados sucos de fruta. Além disso, o local é muito agradável e o atendimento é excelente. As mesas grandes são dispostas em uma ampla área arejada e a decoração rústica deixa uma gostosa sensação de 'estar em casa'. Prestem atenção nos sininhos localizados nas mesas, no paisagismo e na vestimenta dos atendentes. 
Dentre as maravilhas servidas no Mangai, recomendo a carne de sol com nata (é de comer rezando) e a gororoba de charque. O cardápio de sobremesas também é ótimo e a dica é provar o Coco Zoião (sorvete com coco ou banana, servido em uma cumbuca de coco - peça um para dois, é suficiente). 
Além de almoço e janta, o restaurante serve, também, lanche e ceia. Fica a dica!

-----------------------------------------------------
Mangai 
João Pessoa - PB
(83) 3226-1615
Av. Edson Ramalho, nº 696, Manaíra
http://www.mangai.com.br




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...