Conhecendo Genebra

25 de novembro de 2011



Genebra, também conhecida como Geneva (inglês) Genève (francês), Genf (alemão) ou Ginevra (italiano), é uma cidade com aproximadamente 200 mil habitantes, localizada na parte oeste da Suiça, próxima à França. 

Descrever as diferentes formas de nomear a cidade não é exagero, visto que lá é possível se comunicar em vários idiomas, devido à proximidade com a França e a Itália. É uma cidade verdadeiramente cosmopolita! 

Genebra é considerada um centro diplomático e lá estão localizadas as sedes de importantes instituições internacionais, tais como a Cruz Vermelha, a ONU, a OMS, entre outras. Também é considerada o centro financeiro do Mundo. É muito interessante observar as bandeiras dos países na entrada da Sede da ONU.




 
A cidade de Genebra é muito bonita, limpa e pacata. É reconhecida mundialmente pela qualidade de vida que oferece aos habitantes. O transporte público é ótimo e caminhar pelas ruas é super gostoso, sobretudo na parte histórica da cidade.

Genebra está localizada às margens do Lago Léman, local onde está o famoso Jato d’Água (Jet d’Eau), espécie de ‘chafariz’ que alcança aproximadamente 150 metros de altura. Para além da bela paisagem que o Lago Léman oferece, a atração que mais curti foi a Catedral Saint-Pierre. Com sua arquitetura gótico-romana, foi construída a partir do ano 1160 e concluída cerca de um século depois. Vale muito a pena subir os quase 160 degraus da torre da Catedral, de onde se pode ter uma vista incrível da cidade.

Próximo ao Lago Léman, você encontrará o Relógio de Flores, criado em 1955 como símbolo da indústria relojoeira de Genebra. É muito bonito e vale muitas fotos! Também ali perto, está a Île Rousseau (Ilha de Rousseau), local onde está situada a estátua do filósofo Jean-Jacques Rousseau. Preciso confessar que, como pesquisadora e psicóloga, amei ir até lá para fotografar e bater um papo com esse tal filósofo que muito li nos meus tempos de faculdade.

Para quem gosta de museus e curte explorar um pouquinho da história, a dica é o Museu da Cruz Vermelha (em frente à entrada da ONU). Também vale a vista ao Museu de Arte Moderna, ao Museu de Arte e História, ao Museu de História Natural e ao Museu da Reforma. Na ONU você pode realizar uma visita guiada. Eu não fiz, mas a galera do blog Nós no Mundo fez.

Dicas:

Se você gosta de curtir atividades ao ar livre, opte por visitar Genebra no verão. Se o passeio ocorrer no inverno (rigososo), nada está perdido! Os cafés, bares e restaurantes oferecem boas opções para curtir o friozinho.

Alugue uma bicicleta! A cidade é muito plana e convida para um passeio ao redor do Lago Léman.

Hotéis caros, restaurantes caros, supermercados caros... Em Genebra até respirar é caro! Mas vale a pena reservar um dinheirinho para desfrutar de um bom café em uma das diversas cafeterias à beira da calçada. Para mim, um dos grandes charmes de Genebra. Sobre compras, há muitas opções... roupas, acessórios, relógios de grife... mas como sou mochileira do tipo “pão-dura que come sanduíche”, não tenho dicas para dar sobre lojas.

A estação de trem principal de Genebra se chama Gare Cornavin. Dali saem trens para diversas cidades suíças e também para destinos internacionais como Itália, França e Espanha. Uma dica? Que tal sair de Genebra e ir direto para Milão, na Itália? O trajeto entre as duas cidades é algo espetacular e dura cerca de 3 horas a 4 horas. Das paisagens mais incríveis que já vi, com lagos, montanhas, casinhas fofas, neve... é lindo! Vale a pena e fica a dica!

Links Úteis:                                                                                                                                        


Informações Turísticas: www.geneve-tourisme.ch
Site Oficial: http://www.ville-geneve.ch/
Informações sobre trem: http://www.cff.ch/home.html


Centro Histórico (vista da Catedral Saint-Pierre)

Estátua de Rousseau

 Lago Léman

 Vista da Catedral Saint-Pierre

Relógio das Flores

Cafés e cafeterias

Sossego de fim de tarde

Centro Histórico e as bandeiras

Vista da região comercial de Genebra

Vista do outro lado do Lago Léman

Lago Léman visto da Catedral Saint-Pierre

2 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Tão sedutora e linda quanto cara e imponente. Assim é Geneve, bem assim.

  1. Anônimo disse...:

    Juli, gosto muito do seu blog pois ele é clean, fácil de ler e as fotos são sempre ótimas. Não tem aquele visual poluído que muitos blogs tem. As pessoas querem informações assim, rápidas, pontuais, bem escritas e inspiradoras. Parabéns. Um forte abraço: Laura

Postar um comentário

Olá viajante! Deixe seu comentário aqui:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...