Dicas de amigos: O que fazer em Porto Alegre

20 de setembro de 2011


No dia em que o Rio Grande do Sul celebra mais um feriado do dia 20 de setembro, trago outro post sobre Porto Alegre, capital do RS e do coração de gaúchos. POA é uma cidade que recebe muitos turistas. E recebe, de braços abertos, muitos estudantes, trabalhadores, pessoas de todos os cantos do Brasil e de outros países também. A capital do RS é construída, diariamente, por portoalegrenses, gaúchos do interior, brasileiros de norte a sul, argentinos, paraguaios, chilenos e uruguaios... todos vivendo e convivendo em uma mesma comunidade urbana, em uma relação de respeito e democracia.

Este post foi escrito a partir de dicas de diferentes pessoas, vindas de vários lugares. E que, por diferentes motivos, escolheram Porto Alegre para viver. A todos foi feita a pergunta: "Que lugares você indica em Porto Alegre, para sair à noite, para passear durante o dia e para comer?".

Vejam as dicas e aproveite-as sem moderação. Porto Alegre é de todos! 

Os entrevistados:
# Felipe, 23 anos, vive em Poa, é empresário e estudante de Contabilidade.
# Ariane, 26 anos, odontóloga, mora no interior do RS e visita Porto Alegre frequentemente.
# Lore, 27 anos, curitibana, pedagoga e  mestranda em Psicologia, atualmente morando em Poa.
# Bruno, 27 anos, psicólogo, paraibano, doutorando em Psicologia, vive em Poa.
# O casal: Carina, 24 anos, designer e Chico, 31 anos, psicólogo, gaúchos da cidade de Jaguari, vivem em Évora, Portugal.
 
Para Comer:

Usina de Massas (Rua Dinarte Ribeiro, 44 - Moinho de Vento).
"Muito 'massa', servem a comida em panelinhas de ferro!" (Felipe).

Riversides Shikki (Av. Nilo Peçanha, 1766) e Mercatto D'Arte (Rua João Alfredo, 399 - Cidade Baixa).
"Locais para ir 'de casal', o ambiente é muito gostoso, aconchegante música legal e comida deliciosa." (Ariane).

Cavanhas (Rua Gen. Lima e Silva, 373 - Cidade Baixa).
"Como uma boa estudante, bom e barato!" (Lore).

"O que mais caracteriza Porto Alegre é o 'Xis', pelo menos pra mim, que não tenho $ pra ir nos melhores restaurantes da cidade. Cavanhas é um dos melhores mesmo." (Bruno).

Taberna Monte Pollino (Rua Barão do Gravataí, 531 - Cidade Baixa/Menino Deus).
"Cozinha italiana, deliciosa, lugar aconchegante, preço honesto, pratos bem servidos. O atendimento é ótimo mas um pouco demorado, o que não chega ser um problema, pois, o lugar é para "se perder" tempo mesmo." (Carina e Chico).

El Mexico (Rua Joaquim Nabuco, 187- Cidade Baixa).
"Primeiro porque só ali o dono é mexicano, um querido. Segundo, a comida é muito saborosa e barata (para Poa). O lugar é simples e apertadinho, mas pela comida, vale." (Carina e Chico).

Nossa Senhora do Ó (Rua Dinarte Ribeiro, 17 - Moinhos de Vento).
"O sanduíche de salmão é incrível, parece que estamos comendo um sushi gigante e o lugar é bem bonito." (Carina e Chico).

Costela no Rolete (Marcílio Dias, 965- Menino Deus).
"Quem gosta de costela, tem que ir na Rolete." (Carina e Chico).

Para Sair à Noite:

Bier Markt (Rua Castro Alves, 422 - Rio Branco).
"Vários tipos de cerveja, mais de 80 diversidades no cardápio!" (Felipe).
 
Preto Zé (Rua João Alfredo - Cidade Baixa) (Felipe).

Sgt Peppers (Rua da Laura, 329 - Rio Branco) (Ariane).

Casa de Praia (Rua José do Patrocínio, 880 - Cidade Baixa).
"É uma bar um pouco diferenciado dos outros da Cidade Baixa. Não é tão visado mas a música de lá geralmente se diferencia. Pra quem gosta de uma coisa mais praieira e quer fugir do samba-rock que impera na cidade baixa, aí é um bom lugar." (Bruno).

Bate-Macumba (Rua João Alfredo, 701 - Cidade Baixa).
"Também apresenta uma proposta mais alternativa... um pouco mais rock n´roll." (Bruno).

Long Play (Rua Sarmento Leite, 880- Cidade Baixa).
"É divertido lá!" (Carina e Chico).

Art e Bar: (Rua Silva Jardim, 16 - Auxiliadora).
"Música boa, shows". (Carina e Chico).

Para passear durante o dia:

Ofícina do Açaí: (Rua Getúlio Vargas, 1138 - Menino Deus).
"Todos os sucos, os smothies são ótimos. Tem comida também, tudo natureba. Às vezes o atendimento é lento." (Carina e Chico).

Café Santo de Casa: (Rua dos Andradas, 736- Centro).
"É na cobertura da Casa de Cultura Mário Quintana. A comida é boa, e a vista....". (Carina e Chico).

Jardim Botânico (Av. Salvador França, 1427 - Jardim Botânico).
"Um espaço extremamente tranquilo! Ótimo pra quem quer fazer nada e relaxar." (Bruno).

Santuário Mãe de Deus (Alto do Morro da Pedra Redonda, Bairro Cascata, Zona Sul).
 "...A vista mais linda de Poa!" (Lore).

Bric da Redenção (Av. José Bonifácio, ao lado do Parque Farroupilha/Redenção).
"É Claro!" (Ariane)

Museu de Ciências eTecnologia da PUCRS (Av. Ipiranga, 6681, Partenon).
"Museu interativo, muito show!" (Felipe).

E você, que dicas tem para compartilhar sobre Porto Alegre? Conte também que lugar você gosta de ir para comer, que lugar costuma ir durante o dia e qual a boa para uma saidinha à noite? Comente aqui!

Bjs! Paz e Bem!




14 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Mto massa este post julica!!!!!!

  1. Daiane disse...:

    Adorei as dicas! Eu recomendo para comer sushi o Nihon (Av. Ipiranga, 640 - Menino Deus), pra mim, o melhor da cidade, com um atendimento bem rápido. Para sair à noite, o Muffuletta Bar Café (Rua da República, 657 - Cidade Baixa): a pizza de lá é bem diferente. Para comer, o Pampa Burguer (Rua Lima e Silva, 303 - Cidade Baixa), com hamburguers bagual, bem grande, e petiço, para quem tá com pouca fome. #ficaadica

  1. Muito bom. Queria essas dicas semana passada quando estava ali. :)

    Acho que por não ter conhecido esses lugares não fiz uma resenha tão boa no meu post sobre Porto Alegre.

    Fica para uma próxima viagem.

    Abraço,

    Thiago

  1. Jeferson Jess disse...:

    Olá Juli! Entrei aqui por algum link do Twitter.. hehe.. Legal as dicas de POA. Sou jornalista de Curitiba e estou morando a 4 meses em Porto. Já que é mochileira, te convido para participar do grupo Jacaré de Montanha, onde frequentemente acontecem encontros e atividades pela região.
    http://www.facebook.com/groups/jacaredamontanha/
    Se não conseguir entrar, me adicione no Facebook que eu envio o convite.
    Bjoo

  1. Oi Thiago. Pena que vc não curtiu o melhor de Poa. Já vivi situações semelhantes. Aquela coisa de chegar numa cidade e não ter muita ideia do que visitar, né? Porto Alegre tem mtos atrativos, mas não são aqueles cartões-postais clichês, que todo mundo conhece ou ouviu falar. Mas quem sabe numa próxima vc não aproveita as dicas aí de cima, né? Um abraço e obrigada pela visita.

  1. Olá Jeferson. Obrigada pela visita. Que bom que vc achou e que curtiu o blog. Eu já entrei no Jacaré de Montanha. Adorei a iniciativa do pessoal. Tão logo passe a correria do meu doutorado, irei dar um role com o pessoal. Valeu pela dica.
    Um abraço!

  1. Oi Dai, valeu pelas dicas. Ári, tua contribuição no post ficou muito massa!!!!!! Bjooooossss!!!!!

  1. Andreia disse...:

    Gostei das dicas. Muito boa para uma próxima viagem. Obrigada!

  1. Oi Andreia. Que bom que vc gostou. Espero que as dicas ajudem. No tag "Porto Alegre" tem mais dicas pra você. E se tiver alguma dúvida, escreva aqui que tentarei ajudar. Um abraço!

  1. Danilo Morais disse...:

    Parabens pela iniciativa.

    Foi muito proveitoso ler seu texto.

    Um abraço,

    Danilo

  1. Olá Danilo. Obrigada pelo recadinho e pela visita ao blog. Um super abraço!!! \o/

  1. luiz camacho disse...:

    quanto tem que ter de dinheiro para ficar em um lugar e buscar um emprego ?

    qual a epoca melhor pra se ir , com temperatura boa e se preparar pra o inverno em porto alegre ?

    luiz camacho ( belém - pará )

  1. Olá Luiz. Desculpa, mas não saberia responder a vocês sobre a questão do dinheiro.
    Em relação ao melhor período, de maio a agosto faz muito frio, especialmente junho e julho. Por outro lado, janeiro e fevereiro é muito quente e a cidade fica um pouco parada em função das férias escolares. Então, talvez um bom periodo pra procurar emprego (e que não é tão frio) é março.

    Um abraço.

Postar um comentário

Olá viajante! Deixe seu comentário aqui:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...